quarta-feira, 30 de maio de 2012

Naufraguei 44 quilos aleluia

Oi pessoal.
Desculpe a demora em postar, mais tenho boas noticias.


Essa semana fui pesar estou com 108 quilos agora, naufraguei 44 quilos e estou com quase 6 meses de gastroplastia infelizmente ainda continuo obesa, mais com muita paciência e perseverança chego lá na minha meta.


Acho que todo gastroplastizado passa por isso querer chegar logo no peso ideal como mágica ou achar que operar é uma grande solução, mais com o tempo percebemos que é um auxilio e depende mesmo de mudanças de comportamento.


Mais não posso negar a minha ansiedade em chegar logo no meu ideal. Mais quem falar que não tem essa ansiedade mente, todos passam por isso, todos tem um certo medo de parar de emagrecer,  essas são neuras que acompanham os bariátricos, mais como disse são apenas neuras e quando a gente percebe já passou e tudo deu certo.
Mais mesmo ainda não estando na meta estou muito feliz e satisfeita com os resultados obtidos nesses 5 meses e com a escolha que fiz para minha vida, tenho emagrecido e a cada dia e estou melhor.


Me amar achar bonita e se valorizar como mulher  é a fase que vivencio esse momento e estou amando esse processo, pois em algum momento tinha parado no tempo e achava que não conseguiria emagrecer nunca mais e o que  precisei foi  de um empurrão.
Tinha desistido de regimes desde uma vez que fazendo dieta engordei, depois percebi que meu hormônio estava muito alterado devido a queda de cabelo.
Não falo que a cirurgia seja para todos, mais é para aqueles que estão preparados tanto psicologicamente, espiritualmente e prontos para mudanças.
Sabemos que o grande erro em pessoas que operam e voltam novamente a engordar é que voltam a velhos hábitos comendo porcarias e falta de atividades físicas.


Meu maior erro no passado era não comer nos horários certos, não fazer atividade fisica e não comer aquilo que realmente deveria para ter uma saúde perfeita, não vou dizer que tudo foi o problema hormonal seria se escondes atrás de uma mascara e esconder aquilo que era de fato, pois eu se alimentava totalmente errado, horas não comia, horas achava que era o ultimo prato que estava na minha frente.
Mais sabemos que comer é um dos maiores prazeres do ser humano, por isso falo que para operar a pessoa tem que ter consciência que a mudança é brusca.
Algumas pessoas infelizmente tem dump, outras se deprimem com o processo, conheço pessoas que aconteceu isso e hoje vivem no psicologo e tratam de depressão, bulimia e anorexia, mais em em partes essas pessoas já tinha um problema psicológico e nunca se deu conta de que comia o problema quando comia demasiadamente.
Uma amiga logo que operou ligou para a psicologa chorando dizendo que não sabia o que fazer pois não podia comer e estava super mal. Na verdade era um problema psicológico pois comia os problemas.
O corpo fala  através de nossas atitudes, sabemos que até enfermidades são causadas por estresse e o corpo muitas vezes reclama e adoece porque algo não vai bem dentro de nós.
Existem pessoas que vivem com dor de cabeça e fazem exames e nunca descobre a causa, sabemos que o psicológico ai é influenciado muita das vezes.
Sinceramente não sou psicologa nada disso, sempre amei a psicologia a mente humana e sempre fui obeservadora de comportamentos, sou perceptiva e curiosa mais minha missão é lidar com o espiritual das pessoas e ai não tem como não falar do psicológico já que ambas coisas anda juntas.
Na igreja sou preletora e ministro a palavras, vejo que as pessoas muitas vezes tem a necessidade de algo mesmo que  seja uma palavra que leve elas para cima e tenho apreendido muito com o ser humano e ainda tenho muito a apreender, gosto do que faço.


Quando morei sozinha com meus irmãos em Americana devido o tempo e na correria eu vivia a base do miojo e pizza nos finais de semana, como resultado engordei mais do que quando sai de Sumaré.
Não comia uma pizza inteira como muitos dizem, mais era a qualidade do que comia que fazia engordar e ainda por cima os refrigerantes que é um sopro para danificar a saúde não somente engordar mais vários males causa.
Normalmente não tomava café da manha, raramente almoçava e só comia as 17:00 horas e depois quando chegava em casa.
Além disso desde os 13 anos com um problema hormonal que me acompanhou até a fase adulta que nenhum remédio adiantava, não menstruava, caia o cabelo, tinha excesso de espinhas, hipersutismo e intolerancia a glicose, um mal da sidrome dos ovarios micropoliscisticos.
Mais graças a Deus alguns meses antes de operar passei a menstruar normalmente sem remédio nenhum e continuo assim até os dias de hoje.


Se você olha para um magrinho e vê ele comendo super bem e não engorda e você come e engorda facilmente, comece observar a vida da pessoa, as vezes ela gasta mais e tem metabolismo mais acelerado.
Na minha casa todos tem tendencia a engordar então vivemos a base de carne assada e cozida, sem frituras e sem massas, mesmo assim cheguei a 151 quilos facilmente, mais por algum tempo também comi meus problemas e coloquei a culpa naquilo, hoje sei que as coisas não são assim.


Uso uma frase ou eu domino meus problemas ou eles me dominam.


Sem mais fico por aqui pessoal.

4 comentários:

  1. Gleici,
    uau 44kgs em 6 meses! Que MARAVILHA!!!
    Parabéns!
    É crendice de gordo achar que alguém como muito sempre e não engorda... Quem é magro compensa, come muito só o que gosta muito, só no FDS... É raríssimo alguém com um super metabolismo... As pessoas tem que se cuidar...
    É que nós sempre gostaríamos de um passe de mágica para sermos/ficarmos magrinhos...
    Mas, num existe!
    Beijossssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo progresso. Continua firme!

    ResponderExcluir
  3. Lindona, parabéns pelos kgs off!
    Brigada pelo comentário viu, eu fico meio desanimada, pensando que não vai dar certo, que eu não vou conseguir chegar na minha meta...
    Vou procurar os alimentos que vc disse sim! Brigada! Vc malha?
    Força na peruca que vc vai perder os 30 kg! Eu preciso perder 70 e até agora foram 23 mas nao vou desistir!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. querida, acho que nossos maiores erros foram esses que vc citou. Faziamos errado e não ligavamos para as consequencias. Isso que me tornou acima do peso e diabética. Sabia que tinha um ricos maior pela minha mae ser tambem e nao me cuidei como devia. E olha quanto vc já perdeu menina!!!!! parabéns... vc vai chegar ao seu peso ideal, certeza! tenha paciencia e calma, a jornada é longa mas vale a pena
    beijos

    ResponderExcluir